Mindhunter – Netflix

Salve, salve minhas queridas capivaras geeks

Na minha estreia escrevendo uma texto na coluna Capivara Geek, queria falar de uma série cuja primeira temporada acabei de assistir na Netflix nessa semana e já foi anunciada a segunda temporada.

Vamos falar sobre Mindhunter, produzida pelo aclamado diretor de cinema David Fincher (Clube da Luta, Se7en, Zodíaco) e escrita por Joe Penhall.

 

 

A série se baseia no livro Mind Hunter: Inside the FBI’s Elite Serial Crime Unit, lançado em 1996 por John Douglas e Mark Olshaker, e foca nas investigações de Douglas quando o mesmo era agente especial do FBI nos anos 70 e criou um modelo para traçar o perfil psicológico de criminosos, através do estudo da Ciência Comportamental, junto com o agente especial do FBI Robert Ressler e com a Doutora Ann Burgess, de Boston, especialista em vítimas de crimes.

Essa pesquisa acabaria por ajudar a definir as maneiras como policiais e civis entendem o conceito de um serial killer.

 

 

Na série da Netflix, o agente especial Douglas é o personagem Holden Ford (Jonathan Groff), o agente especial Ressler é o personagem Bill Tench (Holt McCallany) e a doutora Burgess é a personagem Wendy Carr (Anna Tory).

Acompanhamos os agentes especiais em  entrevistas com criminosos culpados de assassinatos brutais e com características grotescas como decapitação violência sexual e esquartejamento, buscando esclarecer qual a motivação por trás de tais acontecimentos tão bárbaros

Uma das coisas que mais me chamou a atenção na série, além de ser baseada em fatos reais, é a trilha sonora, com algumas das melhores canções da década de 70.

Outro ponto que chama a atenção é a atuação de Cameron Britton como o detento Edward Kemper.

 

 

A primeira temporada da série tem apenas 10 episódios e as gravações da segunda temporada estão agendadas para maio de 2018 em Pittsburgh, na Pensilvaniana.

David Fincher ainda dirigiu quatro episódios da primeira temporada, os dois primeiros e os dois últimos.

Asif Kapadia, diretor do documentário Senna,  dirigiu os episódios 3 e 4.

Tobias Lindholm, diretor de A Caça, dirigiu os episódios 5 e 6.

Andrew Douglas, de Horror em Amityville, dirigiu os episódios 7 e 8.

 

 

A notícia triste é que a segunda temporada só deve estrear no segundo semestre de 2019.

A boa notícia é que, de acordo com o ator  Holt McCallany, em entrevista recente, David Fincher planeja fazer mais quatro temporadas da série.

Lembro ainda que a série não recebeu indicações para o Globo de Ouro 2018.

 

Pessoal, eu vou ficando por aqui.

Se tiver alguma sugestão, reclamação, observação, recado ou apenas quer  bater um papo, fique à vontade para usar a caixa de comentários no fim da página.

Um beijão do Paladino

Marcelo Soido Paz

Marcelo Soido Paz

@marcelosoidopaz_

@acapivaradeucria

#paladinodaboemia

#capivarageek

#acapivaradeucria

www.acapivaradeucria.com.br

https://www.facebook.com/capivaradeucria

https://www.instagram.com/acapivaradeucria/

https://www.youtube.com/channel/UCmCLEvuxICD-NqwOP8Zo43w?view_as=subscriber

 

 

 

 

 

 

 

capinight

Eu, o paladino da boemia, sou carioca, solteiro, taurino, flamenguista, espírita, quarentão, compositor de samba enredo e agora colunista. Morador de Vila Isabel, mas com o Grajaú eternamente no coração, jura trazer para todas as capivaras queridas as melhores boas da noite e aquelas resenhas esperta sobre bares e festas. Vem comigo, que no caminho eu explico !!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.