Premier League – 13ª rodada

Mais uma rodada da Premier League e essa foi marcada por algumas burrices feitas por jogadores e treinadores que foram determinantes para os resultados dessa décima terceira rodada.

A primeira burrice e acho que foi uma burrice coletiva se deve pelo atual momento do Everton. Caído na tabela e tomando goleada. O time não se acerta, o treinador erra nas escalação e a diretoria gastou como nunca e o time não corresponde. Esse é o fato triste do campeonato pois se esperava que o time de Liverpool fosse mais uma força que chegasse para incomodar os grandes da Inglaterra… triste mesmo a situação do Everton.

Outra burrice foi na derrota do Huddersfield Town que jogou muito, mas poderia ser saido com um resultado melhor contra do melhor time da Europa, o Manchester City. O City martelava e a defesa do Hudder se mantinha firme, mas no inicio do segundo tempo uma quase falta dentro da área e segundos depois uma falta real. Cara, como pode isso… o time pequeno ganhando do gigante e o imbecil me faz um penalti. Depois do gol, ficou óbvio que o City iria ganhar a partida, mesmo assim parabéns para a defesa, mas que idiotice fazer aquele penalti. Assim o Manchester City manteve oito pontos de vantagem para o segundo colocado.

Falando em burrice de zagueiro, o Burnley tem o pior da rodada. O time segurou o ataque do Arsenal em casa apor todo o jogo, ai o cara segura e derruba o adversário dentro da área nos acréscimos. Me diz para que isso meu querido? Enfim, penalti marcado e um ponto voando, escapando pelas mãos. Sorte do Arsenal que chegou aos 25 pontos e subiu para a quarta colocação passando Tottenham e Liverpool.

Mais uma burrice, agora de um treinador respeitado! O Tottenham jogava em casa, contra um time fechado que está em baixa na Premier, o que fazer? Na minha visão jogar o time para frente, com jogadas pelas laterais, certo? O básico, eu acho. Bom, o técnico argentino não ofereceu tantas alternativas assim para seus comandados, até por faltas de uma boa opção no banco. O time apresentou um futebol bem burocrático, mesmo tendo boas oportunidade, ficou no empate e perdeu uma posição na tabela.

Burrice por burrice o Conte fez a menor delas e conseguiu se redimir ao final da partida. Chelsea jogando fora de casa colocou um time claramente para segurar o empate com Kanté, Bakayoko e Drinkwater. O Liverpool foi para cima dominou mas não marcou no primeiro tempo. O jogo ficou mais equilibrado no segundo tempo, com o Liverpool sendo mais perigoso. O burrice do Conte foi não perceber isso e colocar um jogar para tentar um contra-ataque rápido para matar a partida, talvez por jogar fora de casa. A pressão do Liverpool deu resultado e com o gol, Conte lançou Willian, tardiamente, mas lançou e quase sem querer ele empatou. Burrice do Klopp que não fechou o meio com as mexidas do comandante italiano no time do Chelsea e levou o empate. Foi um ótimo jogo, mas as burrices dos dois técnicos fez com que esse empate fosse o resultado ideial pelo jogo apresentado, mas ficou de bom tamanho para o Chelsea que se manteve em terceiro, 3 pontos atrás do United. Liverpool, além de empatar em casa caiu para sexto.

Já o Manchester United segue sua saga de ganhar por um gol de diferença… isso não é burrice, mas um estilo de jogo que irrita todos, torcedores e adversários e se mantém firme na segunda colocação!

Treta: Wenger admite perder Ozil e Sanchez em Janeiro.

Só acho: Richarlison jogando muito, deve sair na janela de Janeiro

Só acho 2: Jejum de gols do Lukaku é normal, os times do Mourinho fazem poucos gols mesmo, relaxem.

Dica do Lorde: Cerveja Blumenau Capivara IPA, muito boa a homenagem!

Frase do dia: Beer or not to Beer

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.