O BAR DA CAPIVARA OU AS MEMÓRIAS ETÍLICAS DE UMA CAPIVARA LEVEMENTE ALCOOLIZADA – Dom Hélio Beer House – T1E5

Que saudades de você, minhas doces capivaras.

Hoje vamos falar de mais uma memória etílica dessa capivara levemente alcoolizada.

O alvo de hoje é na Barra da Tijuca, mais precisamente no condomínio Pedra de Itaúna.

O Paladino da boemia, em companhia da bela, recatada e do lar, Carolina Barbosa, colunista do #capivariando por aí, foi acompanhar o show da Diva do Jazz Mariana Reis, no bar e restaurante Dom Hélio Beer House.

A noite foi tão boa que resolvi fazer duas colunas, uma sobre o show, com direito a entrevista e vídeos, e essa aqui, sobre o bar.

Para começo de conversa, o bar já me ganhou na recepção, todos que trabalham no atendimento da casa parecem te conhecer a muito tempo, é como se você estivesse no bar da sua esquina, todos bem simpáticos, sorridentes e bem humorados, na medida certinha, te deixando bem à vontade.

 Posso falar que meu copo não conseguia permanecer vazio, o serviço era constante.

  Palmas para o trabalho do Fábio, o gerente. Que homão da porra !!!

Vamos a parte líquida da coisa, o bar oferece uma adega com ótimas opções de vinhos, 3 tipos diferentes de chope artesanal, saindo do lugar comum, e uma carta de cachaças de outro mundo, com direito a um funcionário especializado na branquinha. Bom demais.

Na hora de mastigar (afinal se ficasse só no chope, não ia rolar entrevista), meu irmão, foi quase amor à primeira vista. Passou na minha frente um prato de costela que mexeu com o meu interior, passei a noite babando, acho até que sonhei com aquela comida.

Outro destaque foi o filet aperitivo, muito saboroso, mas fica aqui uma ressalva, o pãozinho. Tem muito molho para pouco pão. Fábio, vamos rever essa parada, O pão está barato.

A casa tem dois ambientes, o salão interno, bastante amplo e limpo, e a parte externa, com diversas mesas em uma espécie de varandão, formando dois restaurantes em um só, uma sacada bem legal.

A parte musical é um show à parte, a Mariana Reis canta muito bem, com um repertório bem especial. Bom, teremos uma coluna só para a Mariana mas vou deixar um pequeno trecho do show para dar o gostinho na boca de vocês.

 

 

Apesar da minha histórica implicância com a Barra da Tijuca, vou te contar um segredo, eu voltaria ao Dom Hélio amarradão. Gostei muito.

Seu Editor, por favor, coloca o selo bacana de qualidade, valeu?

Então é isso, vou ficando por aqui, sonhando com aquela costela, hummmmmmmm

E você? Tem algum bar para recomendar? Use e abuse da caixa de comentários aí embaixo, vou ficar esperando uma sugestão legal.

Grande abraço do Marcelo Soido Paz

APROVADO

 

Dom Hélio Beer House

Av. das Américas, 11391 – Barra da Tijuca –

Condomínio Pedra de Itaúna

Facebook – https://www.facebook.com/Dom-H%C3%A9lio-Beer-House-1241764282599639/

#capinight

#paladinodaboemia

#papaichegou

@acapivaradeucria

www.acapivaradeucria.com.br

capinight

Eu, o paladino da boemia, sou carioca, comprometido, taurino, flamenguista, espírita, quarentão, compositor de samba enredo e agora colunista. Morador de Vila Isabel, mas com o Grajaú eternamente no coração, jura trazer para todas as capivaras queridas as melhores boas da noite e aquelas resenhas esperta sobre bares e festas. Vem comigo, que no caminho eu explico !!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.