Lyoto Machida reencontra o caminho da vitoria no UFC Belém

Salve, salve minhas queridas capivaras

O UFC esteve em Belém no último sábado para realizar o seu primeiro evento no país em 2018.

E em um card recheado de lutadores brasileiros, o personagem principal foi o lutador Lyoto Machida que lutou no main event da noite.

Lyoto, cuja última vitória havia sido sobre C.B. Dollaway, em dezembro de 2014, buscava sua recuperação após três derrotas seguidas.

Seu adversário, o americano Eryk Anders, invicto a dez lutas, pediu o confronto contra Machida após derrotar Markus Perez no UFC Fight Night 123.

Com certeza, todos os ingredientes para uma bela luta estavam à disposição, deixando todos os fãs de olhos abertos com esse duelo.

O combate foi muito equilibrado em todos os seus cinco rounds e terminou com uma apertada vitória por decisão dividida dos juízes para Lyoto Machida (48-47, 47-48 e 49-46)

Após a luta, enquanto Lyoto comemorava o seu triunfo e pedia uma luta contra Michael Bisping, Eryk Anders, inconformado com a decisão dos juízes, afirmava que se a luta fosse nos Estados Unidos, ele que seria o vencedor do combate.

O card do UFC Belém marcava o duelo entre Pedro Munhoz e o americano John Dodson para o co-main event mas a luta acabou sendo cancelada visto que o lutador americano se recusou a lutar  após o lutador brasileiro se apresentar 1,8kg acima do permitido para a categoria peso-galo..

Com isso, a luta entre Valentina Shevchenko e Priscila Pedrita foi promovida para o co-main event.

Foi um verdadeiro massacre de Valentina que venceu a luta por nocaute no segundo round.

A grande polêmica da luta foi a atuação do juiz brasileiro Mário Yamasaki, que se mostrou muito complacente, não atuando de uma forma mais firme, e permitindo uma verdadeira carnificina aplicada por Shevchenko sobre a lutadora brasileira.

Nos demais combates, foram oito vitórias de lutadores brasileiros e apenas uma derrota, do lutador peso-pesado brasileiro Marcelo Golm para o lutador americano Tim Johnson por decisão unânime dos juízes.

Destaque para as vitórias de Michel Trator, Thiago Marreta e Serginho Moraes

Vamos aos resultados do UFC Belém:

CARD PRINCIPAL

Valentina Shevchenko venceu Priscila Pedrita por finalização aos 4m25s do R2
Michel Trator venceu Desmond Green por decisão unânime (30-27, 29-28, 29-28)
Timothy Johnson venceu Marcelo Golm por decisão unânime (30-27, 29-28, 29-28)
Douglas D’Silva venceu Marlon Vera por decisão unânime (triplo 30-27)
Thiago Marreta venceu Anthony Smith por nocaute técnico a 1m06s do R2

CARD PRELIMINAR

Serginho Moraes venceu Tim Means por decisão dividida (29-28, 28-29, 29-28)
Alan Nuguette venceu Damir Hadzovic por decisão unânime (30-25, 30-27, 30-27)
Polyana Viana venceu Maia Stevenson por finalização aos 3m50s do R1
Iuri Marajó venceu Joe Soto por nocaute técnico a 1m06s do R1
Deiveson Figueiredo venceu Joseph Morales por nocaute técnico aos 4m34s do R2

 

 

 

Pessoal, eu vou ficando por aqui.

Até o próximo Capivara no Tatame

Se tiver alguma sugestão, reclamação, observação ou recado, fique à vontade para usar a caixa de comentários no fim da página.

Marcelo Soido Paz

@marcelosoidopaz_

@acapivaradeucria

https://www.acapivaradeucria.com.br

https://www.facebook.com/capivaradeucria

https://www.instagram.com/acapivaradeucria/

#paladinodaboemia

#marcelosoidopaz

#capivaranotatame

#acapivaradeucria

#

 

 

capinight

Eu, o paladino da boemia, sou carioca, comprometido, taurino, flamenguista, espírita, quarentão, compositor de samba enredo e agora colunista. Morador de Vila Isabel, mas com o Grajaú eternamente no coração, jura trazer para todas as capivaras queridas as melhores boas da noite e aquelas resenhas esperta sobre bares e festas. Vem comigo, que no caminho eu explico !!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.