A Capivara vai a Ramos encontrar a Imperatriz!

O meu sonho de ser feliz.. Vem de lá…Sou Imperatriz!!” Quem não se arrepia ao ouvir esses versos ecoarem na passarela do Samba?? Hoje esta Capivara carnavalesca faz uma visita ao querido bairro de Ramos, casa do tradicional Cacique de Ramos e da escola que é detentora de 8 títulos (1980, 1981, 1989, 1994, 1995, 1999, 2000, 2001) e carrega as cores verde, branco e ouro no seu Pavilhão, a Imperatriz Leopoldinense!

 

A Agremiação traz para o carnaval de 2018 o enredo ” Uma Noite Real no Museu Nacional” desenvolvido pelo Carnavalesco Cahê Rodrigues que levará para a Marquês de Sapucaí uma bela e justa homenagem aos 200 anos do Museu Nacional do Rio de Janeiro situado no Parque da Quinta da Boa Vista no Bairro de São Cristovão.

E para falar sobre o que a Escola levará para a Sapucaí, temos a honra de entrevistar a Rainha de Ramos, aquela que exala beleza e simpatia na quadra  junto ao seus filhos fiéis da comunidade na quadra da Imperatriz  Leopoldinense na Rua Carlos Lacê em Ramos e que carrega no seu sobrenome a história de títulos e glórias da escola: Simone Drummond!

Vamos as perguntas:

1) Simone, a Imperatriz tem o dom de ser campeã com enredos que trazem fatos históricos do Brasil como por exemplo em 1989 com “Liberdade, Liberdade abre as asas sobre nós” contando o centenário da Proclamação da República… Para 2018, este fato pesou na decisão da escolha do enredo?! Conte um pouco sobre o que a escola levará para a Avenida! Teremos muitas surpresas no desfile?

1: A Imperatriz, é uma escola de samba, historicamente comprometida com um viés histórico e com um cunho cultural. Daí os enredos mais históricos. De um tempo para cá, até para não ficar algo cansativo, nossa escola tem feito outros enredos, outros temas e de forma muito bem feita, Zico é um exemplo disto. Mas o enredo deste ano, com certeza resgata a Imperatriz histórica, garbosa, e requintada. Se teremos surpresas? Não sei! Se não deixa de ser surpresa! Kkkkkkkk

2) A Imperatriz era muito criticada pelos “entendidos” do Carnaval como uma escola fria e feita para os jurados… Até que ponto isto incomodava a diretoria? Pois nos últimos anos a escola vem levantando a galera na arquibancada… Essas criticas mudaram o conceito da escola quanto a forma de fazer o carnaval?

2: A Imperatriz criou um modelo de desfile, que os que criticavam acabaram copiando. Isto nunca incomodou a escola, porque nossa comunidade sempre desfilou feliz, bem vestida e organizada. Isto, por si só, nos tirava qualquer possibilidade de incômodo. Atrelado a tudo isto, sempre fomos uma escola muito competitiva. E quando você está sempre nas cabeças, as pessoas criam ranço, factóides, e outras coisas mais. Isto nunca nos incomodou!

3) A escola ja teve consagrados intérpretes comandando o carro de som como Dominguinhos do Estácio, Nêgo, Preto Jóia e Paulinho Mocidade… Hoje, traz uma grata revelação que foi o Arthur Franco que inclusive foi premiado ano passado! É um sinal de que no carnaval inovar é preciso em todos os seguimentos?

3: Se o nome é Escola de Samba, penso que o certo é formar, ou ao menos dar oportunidades para aqueles que estão começando. Nós demos muitas oportunidades a outros cantores que também nunca tinham cantado no grupo especial como intérprete oficial. Também fizemos isto com mestres de bateria, e com casais de MS e PB. Todos merecem um lugar ao sol, e a Imperatriz não tem medo de apostar!

4) O corte da verba pela prefeitura foi uma grande perda para a receita todas as escolas neste carnaval… Como a escola está se desdobrando para manter a qualidade e o luxo que sempre traz para o desfile!? Outro fato foi o cancelamento dos ensaios técnicos na Sapucaí… Até que ponto isso também é prejudicial a escola?

4: Esta pergunta, deixo para que oportunamente você faça ao Sr. Luiz Pacheco Drumond. Ele é o presidente da escola, e é ele, somente ele quem trata destas questões.

5) Deixe seu recado para todos fãs da escola e claro para os leitores do site a capivara deu cria para o carnaval de 2018?

5: Que nosso carnaval seja maravilhoso, que todos vocês que gostam de mim é torcem pela minha amada Imperatriz possam ter um carnaval de muita diversão, responsabilidade, e muito samba! E que a nossa Imperatriz possa fazer um belo desfile e sair consagrada da avenida! Um beijo enorme para todos!!!

O site www.acapivaradeucria.com.br agradece a entrevista e deseja toda sorte a nação Leopoldinense no carnaval de 2018!

Rod Torres
#temcapivaranosamba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.