Treta na TL… ops… na PL (Premier League)

Com a Premier League parada e as Copas comendo soltas pela terra da Rainha, uma coisa tem chamado mais atenção que os jogos, deixado de lado pela falta de interesse do grande público, a briga entre Mourinho e Conte.

A disputa verbal entre os dois treinadores parece estar muito longe de terminar, sendo o prato cheio para quem diz que o futebol está chato. A briga vem de longa data e o portuga em certos momentos parece ter dor de cotovelos ao falar de Conte e sua ex-equipe, o Chelsea.

Depois do italiano afirmar que Mourinho tem demência senil, o técnico do Manchester United rebateu dizendo que nunca foi suspenso por manipulação de resultados. Depois do empate entre Chelsea e Norwich, foi a vez da tréplica.

 

“Acho que antes de fazer este tipo de comentário, antes de machucar outra pessoa, você deve prestar atenção”, disse Conte.

“Você se mostra pequeno. Uma pessoa pequena. Você não sabe bem a situação. Mas eu conheço ele muito bem do passado. Ele foi pequeno no passado em muitas circunstâncias, é um homem pequeno no presente e com certeza será pequeno no futuro”, afirmou.

Essa briga só faz crescer a expectativa para a partida entre Manchester United e Chelsea, marcado para o dia 25 de fevereiro, na casa do United. Conte ainda soltou mais uma.

“Não tenho o que esclarecer agora. Haverá uma oportunidade no jogo contra o United, quando formos ao Old Trafford. Eu e ele, cara a cara. Estou pronto. Não sei se ele está pronto”, concluíu.

Essa treta ainda vai render muito e o resultado da partida deve dar muito pano para manga. Quem está certo ou errado, não podemos saber, quem iniciou isso, talvez o Mourinho e o Conte nunca foi de levar desaforos para casa.

Só acho que o Mourinho, por estar em uma aparente fase de declínio, sem saber lidar com isso, ataca aos colegas de trabalho para tentar sair por cima de algo que ele mesmo criou.

Seu método de trabalho está ficando ultrapassado, onde a defesa era o componente mais importante dentro da filisofia de jogo dele, mas com criatividade na transição do meio para o ataque.

Mourinho tem um bom time e faz com que ele jogue de forma pequena, mesmo com ótimos valores individuais.

Mourinho sempre falou muita merda, mas quando ele era o “Special One” muita gente ficava calada ou nem comentava pelo fato dele ser um dos maiores do mundo e sempre ganhar tudo, mas desde do Real Madrid que ele perdeu o senso de organização de equipes e o juízo ao querer comprar briga de graça.

Em 2008 quando falou mal de Ranieri, ninguém contestou fortemente, pois ele era o cara, agora ele não é mais o top 1 e ainda foi falar de um cara que não deixa adversários sem resposta.

Mourinho está errado como sempre, mas agora o momento não é dele e se meteu com o cara errado.

Aguardem cenas dos próximos capítulos que não devem terminar dia 25 de fevereiro, certamente.

Por Argentino Duarte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.