Premier League – 18ª Rodada

Tudo segue como estava na rodada anterior. Na rodada de número 18 da Premier League, o grupo de classificação para os torneios europeus ficou estagnado, parado, sem mudanças, igual a semana anterior. Com sofrimento ou com goleada, uma coisa é certa, mais uma rodada se passou com belos jogos e brasileiros brilhando.

O Virtual campeão, Manchester City, goleou. Mas não foi qualquer goleada, foi uma sonora goleada sobre o Tottenham, de Harry Kane. De Bruyne foi o cara do jogo, acabou com a defesa do Tottenham. O penalti perdido por Jesus não ofuscou o que foi esse time em campo. Cara, nem tenho muito o que falar sobre esse time, pois vai ser chover no molhado. Variação tática, velocidade, individualidade… o time tem tudo e mais um pouco. A defesa melhorou muito e isso está fazendo a total diferença nesse estraordinário time. A cada jogo um jogador diferente chama o jogo e é o protagonista da partida. Sobram peças, sobram jogadas e sobram pontos na tabela que credenciam o time como o próximo campeão.

Em segundo segue o contestado time de Mourinho. Está em um ótima colocação, sim, mas o que faz em campo não anima o torcedor e ainda deixa com a plga atrás da orelha que acha que o time pode evoluir e brigar pela Champions, por exemplo. Por mais que o time esteja ganhando, sofre sem necessidade e em grandes jogos o time apenas se defende. Morinho é especialista nesse tipo de jogo, mas antigamente ele atacava e parece qe ele esqueceu como se faz isso. Sofreu para ganhar de um dos últimos colocados da Premier e esse tipo de atitude do time já deixa torcedores irritados, mas como o time vence, fica complicado criticar o técnico portuga.

Em terceiro Conte segue vencendo, mas com dificuldade em jogar contra times fechado. A vitória magra apagou um pouco o bom jogo de William que segue como titular apenas pelo rodizio do treinador por conta dá série de jogos do fim do ano. Sem Morata, poupado, o time mais uma ver jogou sem um atacante enfiado na área do adversário e mesmo com boas jogadas e trocas de passe, o gol, único, saiu e apenas ele. Conte segue fazendo testes e tenta achar uma variação tática para anular os adversários sem tomar gols em grandes jogos.

Em quarto vem o Liverpool com seu altos e baixos. Esse fim de semana foi a semana de altos com Coutinho jogando muito e comandando a equipe em um bela goleada. Mesmo na quarta colocação, os altos e baixos deixam o time 4 pontos atrás do Chelsea que tem um tabela mais fácil pela frente nessa sequencia de jogos de fim de ano. Klopp não sabe mais o que fazer para tentar estabilizar o time e ter um boa série de bons jogos. Nesse ritmo o time pode com facilidade pegar uma vaga para a Champions na próxima temporada, mas nessa, a Champions pode escapar por conta de uma noite ruim de seus jogadores.

O Arsenal vem em quinto com futebol pobre e dificil de acompanhar o que deixa a torcida mais uma vez contra o Wenger, que está no time desde que minha vó era virgem e deve ficar mais um tempo se a torcida não fizer algo. Ainda não existem protestos como na temporada passada, mas gritos de fora Temer… ops, Fora Wenger deve ser ouvidos em breve caso o time não melhore na tabela.

Treta: De Bruyne está jogando demais e já tem timas de olho nele. Barcelona e Real Madrid sondam o belga e para segurar o craque o City deve dobrar seu salário. Será?

Só acho: Muito legal a atitude do City de fazer um evento em Sampa para os torcedores assitirem um jogo juntos.

Só acho 2: Muito barulho por nada sobre o Burnley, assim como foi sobre o Watford.

Frase do dia: Existe bons jogos, existem bons campeonatos e existem campeonato maravilhosos. Acima disso existe a Premier League… e a Champions! he he he…

Dica do Lorde: Assista os próximos jogos com uma típica cerveja inglesa. Indico uma Fuller`s.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.