O Bar da Capivara – As memórias etílicas de uma capivara levemente alcoolizada – Lançamento do cardápio do Mestre Cervejeiro do Grajaú – T1E24

 

 

Salve, salve minhas queridas capivaras boemias.

Nessa última quarta-feira, dia 22 de novembro de 2017, o Paladino da Boemia esteve no Mestre Cervejeiro do Grajaú, cenário das gravações dos videos da coluna Bebendo com a Capivara, com o Fábio Araújo,  para acompanhar o lançamento do cardápio exclusivo e harmonizado.

 

 

O novo cardápio se divide em cinco escolas de cerveja:

A escola inglesa; a escola americana; a escola belga; a escola alemã e a escola Brasileira

Para cada tipo de escola, o cardápio oferece algumas opções de pratos, de acordo com a harmonização com a cerveja.

Para as escolas inglesa, americana e belga, o cardápio oferece duas opções de pratos por escola.

Para a escola alemã, já são três as opções de prato.

Já para a escola brasileira, o cardápio oferece quatro opções de pratos.

Como eu sou um cara gente boa, já vou passar quais são os pratos que compõe o cardápio:

 

 

Brie envolvido no Parma e Fish and chips harmonizando com a escola inglesa

Costela desfiada com batata frita e cebola empanada com blue cheese, harmonizando com a escola americana.

 

 

Carbonade Flamande e batata frita no cone ao molho cremoso, harmonizando com a escola belga.

Mix de salsichas alemãs flambadas na cachaça, filé suíno empanado com maionese de limão e croquete alemão, harmonizando com a escola alemã.

 

 

E carne seca na manteiga com coalho, mestre burguer, sanduíche de costela bovina desfiada e dadinhos de tapioca com geleia de pimenta harmonizando com a escola brasileira.

Pedi para o Rodrigo Perez, funcionário da loja Mestre Cervejeiro do Grajaú, que me indicasse algumas cervejas, de acordo com as cinco escolas destacadas no cardápio.

 

 

A escolhida para a escola inglesa foi a Rossa, uma irish red ale da Cervejaria Noi

A cerveja Swell Carioca, session IPA da 4 Estações foi a escolhida para a escola americana.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Já para a escola belga, a escolhida foi a Celis White, uma belgian white beer.

Na escola alemã, a Wieninger Impulsator, uma doppelbock, foi a indicada.

 

 

Agora para a escola brasileira, foram duas as cervejas indicadas, a Saison du Leblon, da 3 Cariocas e a Obscena hopin up IPA, da Bodebrown.

 

 

Estou com muita vontade de provar esse Carbonade Flamande e a Costela desfiada com batata frita.

E você, qual foi o prato que lhe chamou mais a atenção?

 

 

Mestre Cervejeiro do Grajaú

Rua Farias Brito, 7 – Grajaú

Rio de Janeiro – RJ

21 3648 – 9102

https://www.facebook.com/LojaMestreCervejeiroGrajau/

Instagran – @mc_grajau

 

 

Pessoal, eu vou ficando por aqui.

Até o próximo Bar da Capivara.

Se tiver alguma sugestão, reclamação, observação, recado ou apenas quer me convidar para um chopinho, fique à vontade para usar a caixa de comentários no fim da página.

Um beijão do Paladino

Marcelo Soido Paz

@marcelosoidopaz_

@acapivaradeucria

#paladinodaboemia

#bardacapivara

#capinight

#acapivaradeucria

www.acapivaradeucria.com.br

https://www.facebook.com/capivaradeucria

https://www.instagram.com/acapivaradeucria/

https://www.youtube.com/channel/UCmCLEvuxICD-NqwOP8Zo43w?view_as=subscriber

 

capinight

Eu, o paladino da boemia, sou carioca, solteiro, taurino, flamenguista, espírita, quarentão, compositor de samba enredo e agora colunista. Morador de Vila Isabel, mas com o Grajaú eternamente no coração, jura trazer para todas as capivaras queridas as melhores boas da noite e aquelas resenhas esperta sobre bares e festas. Vem comigo, que no caminho eu explico !!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.