Premier League – 12ª rodada

Depois de mais uma parada para as infernais (e sem propósito) datas Fifa, esse fim de semana teve a nossa Premier League de volta, com a décima segunda rodada cheia de belos gols, goleadas como é de costume, um clássico e a diferença entre o líder e o segundo colocado se manter nos oito pontos, mas a briga pelo vice campeonato está boa.

O líder isolado, Manchester City bateu mais um adversário. A vítima dessa vez foi o Leicester, que fez um bom jogo, mas não resistiu ao time de Guardiola e perdeu por 2 x 0. Jesus, o nosso Jesus, foi o titular da vez, com Aguero no banco, mostrando que a opção do treinador por apenas um atacante de área pode e deve ser mais frequente, principalmente quando o adversário pede um time mais equilibrado no meio campo e com uma defesa menos exposta. O Leicester é um time rápido que merecia uma atenção especial de seus laterais com dois atacantes enfiados, mesmo com a opção de voltar, o time não mostra a mesma qualidade defensiva e isso pode ser prejudicial ao time. Assim Pep vai ganhando seus jogos e moldando a equipe de acordo com o adversário e segue imbatível no campeonato.

Já o United vem reagindo as críticas e segue em segundo. Mourinho deixou o time mais solto e com isso goleou o New Castle por 4 x 1. O jogo teve dois destaque, primeiro a volta de Ibrahimovic que depois de sete meses parados, tentou um lindo voleio e quase marcou mais uma belo gol que iria para sua vasta galeria de golaços. O segundo foi Pogba que mandou no jogo com um gol e um passe para outro. Lukaku foi muito bem com outro belo gol. Quero ver Ibra e Lukaku juntos!!!

O terceiro lugar é novo, o Chelsea assumiu a posição depois de outra goleada, 4 x 0, com uma bela partida de Hazard. a equipe mostra recuperação depois de 40 dias de péssimos resultados e um futebol que colocou em xeque os comandos de Conte. A má fase interna e externa tem um nome, Kanté. Desde que o jogador se machucou o time perdeu criatividade e força no meio campo e o treinador não achou um substituto que fizesse o trabalho dele. Assim o time caiu de produção mostrando que Kanté é promordial nesse esquema montado pelo italiano que deu muito certo ano passado. Mas será que o prejuízo pode ser reparado?

O Liverpool está em quinto, jogou muito bem, goleou por 3 x 0, mas a torcida ainda está com o pé atrás com esse time do Klopp. Muitos altos e baixos na competição. Esse fim de semana foi um dia de alta, com o time bem arrumado jogando bem e Coutinho comandando a equipe, mas na próxima partida esse equilibrio se manterá? Klopp precisa de apoio psicológico para esse time.

O clássico da rodada foi bem equilibrado, tirando os minutos finais do primeiro tempo onde o Arsenal marcou dois gols e fez o placar da partida em cima do Tottenham. Com o placar o Arsenal colou no grupo da parte de cima da tabela mas segue em sexto. O Tottenham está em quarto. Foi a primeira vitória do time de Wenger no clássico jogando contra o argentino Pochettino, que por sua vez buscava, mas sem sucesso seu triunfo de número 100 no comando do Tottenham, ele que assumiu em 2014 o comando do time. O resultado também fez com que o Arsenal completasse 100% de aproveitamento em seus seis primeiros jogos como mandante neste Campeonato Inglês, algo que não aconteceu nas última dez temporadas. O jogo foi bem importante para Wenger e a auto-estima do Arsenal.

De olho: United promete reforços para Mourinho. Dependendo de quem vier pode virar outro imbatível na Inglaterra.

Treta: Richarlison jogou muito e entrou na mira de gigantes, com Chelsea e Tottenham na briga.

Só acho: Richarlison merece uma chance na seleção.

Que isso: Gomes agarrou muito nessa rodada. Tá velho mas tá bom!!!

Treta 2: Mais um técnico rodou na Premier… o quinto já. Essa porra virou Campeonato Brasileiro???

Frase do dia: Não trate como Orval quem te trata como Itaipava!

Dica: Cuidado com a Black Friday

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.