A capivara deu cria no Mondial de la Bière

Salve salve queridas capivaras cervejeiras.

Hoje iremos falar sobre a nossa experiência no Mondial de la Bière. Todos já sabem os problemas relacionados a marcação errada dos copos, os problemas em relação ao controle (ausência de) dos cartões de consumo, problemas elétricos, problemas na refrigeração no armazém 1 e até mesmo questionamentos quanto as contabilidade final do evento.

Enfim, várias matérias foram realizadas e têm destrinchado e buscado esclarecer os diversos problemas apresentados, mas nem tudo foi ruim e tendo sido nosso primeiro Mondial de La Biere podemos afirmar que a experiência foi positiva.

Inicialmente o Bebendo com a capivara só iria comparecer a um dia, mais especificamente no sábado, mais os deuses cervejeiros estavam do nosso lado e conseguimos ganhar dois ingressos para o primeiro dia do evento.

Pois é a capivara está com sorte e após ganhar um litro de chopp artesanal, uma tatuagem cervejeira, fomos agraciados com dois ingressos no O Sabor do Queijo e lá fomos nós cumprir o dever de comparecer ao evento e trazer a experiência para vocês.

Chegamos um pouco depois da abertura dos portões e o evento ainda estava vazio, o que permitiu que pudéssemos tirar várias fotos e andar com certa facilidade. Logo de cara encontramos o figuraça Raoni, se você ainda não conhece o Boteco do Raoni não sabe o que está perdendo.

Após carregarmos nossos cartões partimos para a obrigação do dia, beber cerveja. Imagine um parque de diversões, sim era assim que nos sentimos, entrando em um grande parque de diversões cervejeiras com uma variedade monstruosa de cervejas.

Não bebemos todas elas, até porque teríamos que estar em condições para realizar a matéria então procuramos, no primeiro dia, beber cervejas com teor alcoólico não muito alto, além de beber muita água.

 

 

Existiam vários pontos para hidratação, bem como diversos banheiros tanto na parte interna quanto na parte externa. Inclusive muita gente reclamou de filas nos banheiros, mas os banheiros externos estavam quase sempre vazios, então galera fica a dica para o ano que vem, banheiros na área externas são mais vazios.

A parte de alimentação também possuía uma boa variedade, tendo inclusive opção pra galera vegana. Tem gente que não curte comer enquanto bebe cerveja, mas as opções estavam lá.

A vista do local também deve ser destacada, tanto durante o dia quanto a noite servindo como um belo cenário, devendo ser destacado que felizmente não choveu durante os dias do evento.

Momento selfie:

Aconteceram problemas no evento que não devem se repetir nos próximos, pois quem acompanha de perto sabe da dedicação dos cervejeiros em apresentar cervejas de qualidade, que as falhas ocorridas não desanimem as cervejarias a comparecer ano quem vem, pois nós que vivemos e alguma forma no universo cervejeiro queremos que os eventos permaneçam e que todos sejam respeitados, tanto os consumidores quanto os fornecedores.

Se tudo der certo estaremos lá em 2018.

Fiquem com mais fotos do evento:

 

 

 

Por FábioAraújo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.